Facebook

Amado Bucar


Amado Gomes Bucar  •  59 anos  •  Pedro Afonso-TO (BRA)



Linha do tempo


10/10/1957

Nasce Amado Bucar em Pedro Afonso-TO (BRA).


Histórico


Após encerrar a carreira, Amado Bucar recebeu a primeira oportunidade na cidade de Catalão para comandar o Crac na disputa do Campeonato Goiano de 1997. Com um trabalho praticamente impecável, o Leão do Sul chegou a decisão do campeonato contra o Goiás.

O bom trabalho chamou a atenção da diretoria esmeraldina que o contratou para comandar a equipe sub-20 do Goiás Esporte Clube. Após a saída de Mauro Fernandes, Amado foi convidado a ser auxiliar técnico de Paulo Gonçalves durante a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. Por decisão da diretoria, Paulo acabou sendo substituído por Amado na parte final da competição com a missão, bem sucedida, de livra o verde do rebaixamento.

Após vários calotes de clubes, resolveu desistir da carreira de treinador e seguiu para os Estados Unidos em busca do sonho americano. Amado está lá desde 2003 onde trabalhou em vários lugares. Atualmente trabalha em Pizzaria, motorista da Uber e ministra aulas de futebol em uma escolinha de futebol feminino.

Clubes: Crac (1996-97); Goiás (1997); Goiás (1998); Goiatuba (1998); Jataiense (1999); Anápolis (1999); Atlético (2000); Grêmio Inhumense (2000-01); Atlético (2001); Anápolis (2002); Crac (2002); Imperatriz-MA (2002); URT-MG (2003); Itumbiara (2003).

Conquistas Coletivas:

Feitos Individuais:


Estatísticas


Campeonato:
Edição:
Clube:



Partidas comandadas: 9
Vitórias: 3 Empates: 2 Derrotas: 4


Partidas




Programa de rádio

Edição 144 - Odon

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Vila Nova foi o primeiro time goiano a disputar uma competição internacional oficial. Em 1999, o time colorado participou da Copa Conmebol.