23/04/2015 10:13  •  Atualizada em 23/04/2015 10:13

Confira números dos finalistas do Goianão 2015 na competição

Camaleão tem três jogadores que participaram de todos os jogos, enquanto Goiás tem apenas um


Goiás e Aparecidense vão decidir o Campeonato Goiano de 2015. As equipes são donas das duas melhores campanhas do torneio. Em 16 jogos, o verdão soma 10 vitórias, cinco empates e uma derrota. O camaleão venceu nove vezes, empatou seis e perdeu somente uma. Os alviverdes fizeram 29 gols e sofreram 12, enquanto os celestes balançaram as redes adversárias em 25 oportunidades e teve sua meta vazada apenas nove vezes.

A Aparecidense utilizou 22 jogadores nos 16 jogos disputados. Somente Pedro Henrique, Washington e Robert participaram de todas as partidas. Sendo que o primeiro jogou os 90 minutos de todos os jogos. Tozin é o artilheiro do camaleão no Goianão 2015, com oito gols. Em seguida vem Washington e William Kozlowski, com quatro.

Extratos da Aparecidense e do Goiás no Campeonato Goiano

O Goiás utilizou 27 jogadores nos 16 jogos que realizou no Campeonato Goiano. Apenas o goleiro Renan participou de todas as partidas. O artilheiro alviverde na competição é Erik, que marcou seis vezes. Bruno Henrique e Felipe Menezes fizeram cinco gols cada.

Os atletas da Aparecidense foram advertidos com cartões amarelos 45 vezes. Os mais punidos são Geovane, Jeferson e Mirita, com cinco cartões. Nenhum jogador do camaleão foi expulso.

Os jogadores do Goiás receberam 34 cartões amarelos no Goianão 2015. Bruno Henrique, Felipe Menezes e Rodrigo foram advertidos quatro vezes cada um. O time esmeraldino teve dois atletas expulsos na competição, Ruan e Lucas Coelho.

O técnico Márcio Goiano comandou a Aparecidense nos 16 jogos do Campeonato Goiano. Do outro lado, o Goiás foi dirigido por Wagner Lopes em 13 partidas e Hélio dos Anjos em outras três.



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


Além dos tradicionais estádios Pedro Ludovico Teixeira e Antônio Accioly, outro campo também recebia jogos de times goianienses na década de 1940, do século passado. O Colégio Liceu de Goiás manteve um time de futebol formado pelos estudantes que mandavam seus jogos no campo que ficava no pátio do estabelecimento de ensino.