26/03/2015 17:52  •  Atualizada em 30/03/2015 18:55

Dr Ovídio Inácio: Futebol, Rádio e Magistrado

Conheça a história de mais um personagem que teve história dentro das quatro linhas, da comunicação e na execução das leis em Goiás.


Arquivo Pessoal/Ovidio Inácio

O programa "Futebol de Goyaz e suas histórias" deste domingo, 29, vai até a casa do ex-jogador do Goiás e Goiânia, ex-locutor esportivo e magistrado aposentado Dr. Ovídio Inácio Ferreira. A nossa 52ª edição excepcionalmente será exibida a partir das 10 horas, na Rádio 730, por causa do amistoso da seleção brasileira contra o Chile, a partir do meio dia.

Dr. Ovídio Inácio começou a trabalhar como guarda fios e mensageiro do Departamento de Correios e Telégrafos quando iniciou sua sintonia como jogador de futebol e ganhou o apelido de "Lavanca" por causa da virilidade e da pouca técnica.
Iniciou a carreira nos gramados com a camisa do Goiânia depois de ser aprovado em um teste do histórico Dezoito, observador técnico da base alvinegra e líder carnavalesco em nossa capital. Em troca de 100 bilhetes de rifa foi negociado para o Goiás, que se tornou seu time do coração por causa dos amigos esmeraldinos.

Ao abandonar o futebol, seguiu a carreira esportiva como locutor ao lado de Cunha Júnior e foi o apresentador do programa "Pioneira nos Esportes" que ia ao ar de 18h45 as 19h na Rádio Clube. Além do futebol, também foi narrador de corridas de cavalo e basquete.

Deixou de lado a paixão pelo futebol, mas seguir carreira no magistrado onde foi juiz em Ipameri e chegou a presidência da Asmego. Dr. Ovídio Inácio é a atração do Futebol de Goyaz deste domingo, 29, a partir das 10h, na Rádio 730AM e no www.portal730.com.br. Seja nosso parceiro no trabalho de resgatar a origem do futebol goiano.



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Campinas participou de 10 edições do Campeonato Goiano, sendo seis delas com o nome de Associação Campineira de Esportes. As melhores campanhas foram em 1958 e 1961 quando terminou a competição na 4ª colocação. Como Campinas, os melhores resultados foram em 1971 e 1972, quando a equipe tricolor chegou na 5ª posição.