13/03/2015 18:20  •  Atualizada em 25/03/2015 19:54

O imperador da Gávea e de Itapirapuã

Júlio César é uma das grandes revelações da base do Atlético Goianiense e um dos grandes destaques do futebol nacional


Arquivo Pessoal/Júlio César

Júlio César Garcias iniciou sua carreira, em solo goiano, no CCT do Urias Magalhães, quando ainda não era nem rascunho da estrutura que podemos observar nos dias atuais. Com o aval do prof Ataíde, o garoto de Itapirapuã chegou ao futebol profissional com a camisa do Atlético Goianiense. Ele será o personagem da edição deste domingo, 15, do Futebol de Goyaz e suas histórias, na Rádio 730, a partir do meio dia.

No Dragão, Júlio foi campeão goiano em 1988 e uma das referências na conquista nacional rubronegra no campeonato brasileiro da Série C em 1990. Foram muitos gols e muitas histórias até chegar a gávea para ser ídolo da nação rubronegra e receber o rótulo de "Imperador".

Em um meio campo formado por Uidemar, Júnior, Zinho e Júlio César, o Flamengo-RJ conquistou o título de campeão brasileiro em 1992. O imperador marcou um dos gols na decisão contra o Botafogo-RJ, empate por 2 a 2, e levantou a taça.
Júlio César conta a sua história, relembra curiosidades do seu passada, explica polêmicas ao longo de seus quase 20 anos de carreira.

Futebol de Goyaz tem o apoio das Tintas Colatex - Pintando com Arte. Faça como o Valdeir Ribeiro e toda a família Colatex e nos ajude a resgatar a história do futebol goiano.




Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


A Anapolina participou do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em 1978. Na estreia, a xata empatou por 0 a 0, com o Corinthians, no Estádio Jonas Duarte.