24/01/2015 12:20  •  Atualizada em 24/01/2015 12:20

Família Barsi: O pioneirismo histórico dos "Barsi" no futebol goiano

Jácomo Barsi relembra os fatos da trajetória de seu pai e tio na construção do esporte em Goiás


Arquivo Pessoal/Homero Sabino

Com uma história quase que centenária no futebol em Goiás, quando o esporte chegou no início do século XX na cidade de Goiás, antiga capital do estado, várias famílias foram importantes para a implantação e consolidação da prática em nosso estado. Uma delas será atração do programa Futebol de Goyaz, neste domingo, 25, a partir do meio dia, na Rádio 730, a Família Barsi.

Uma família de italianos que chegaram do interior do estado de São Paulo impulsionados pela áurea de progresso existente no estado de Goiás. Carlos Barsi foi um dos fundadores da União Americana, equipe fundada com a transferência da capital para Goiânia. Em seguida, se tornou o primeiro técnico na história do Goiânia Esporte Clube e por fim, ao lado de amigos e seu irmão, Lino, foram fundadores do Goiás Esporte Clube em 1943.

Jácomo Barsi será o responsável por contar a história desta família e nos trazer detalhes da fundação do Goiás como local de fundação, escolha das cores e dirimir a dúvida quando a origem do uniforme esmeraldino.

No oferecimento de Tintas Colatex, - Pintando com Arte, conheça a história de Jácomo Barsi e sua família na 45ª edição do Futebol de Goyaz e suas histórias, deste domingo, 25, na Rádio 730.



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Campinas teve dois artilheiros de campeonatos goianos: Waltercides com 19 anos, em 1963, quando o clube se chamava Campineira e Lindenberg, em 1971, que dividiu a artilharia com Carlos Ramos, do Goiânia, ambos com 9 gols.