14/11/2014 10:19  •  Atualizada em 09/12/2014 23:03

Joviro Rocha: Da ameaça de um fim até a grandeza das glórias

O conselheiro esmeraldino foi jogador e um dos importantes dirigentes da década de 1960 e 1970 na história esmeraldina


João Paulo di Medeiros/ Futebol de Goyaz

Filho de portugueses e italianos, Joviro Rocha ficou conhecido como "Turquinho" por causa da semelhança e de um ex-companheiro que era conhecido como Turco. Chegou a Goiânia vindo do interior paulista onde construiu sua vida no futebol, sendo jogador e dirigente do Goiás Esporte Clube.

Como atleta iniciou a carreira no Goiânia e depois se transferiu para o Goiás onde conquistou o título de 1951. O time esmeraldino comemorou, porém, nove anos depois perdeu o título em uma partida remarcada pelo Tribunal de Justiça Desportiva.

Em 1962, a paixão verde o levou a ser comandante do clube do coração. Por lá assumiu vários cargos onde ajudou Ruarc Douglas a vender bingos e rifas para buscar receita para manter vivo o sonho de ver o Goiás crescendo. Foi um dos idealizadores dos inúmeros amistosos contra o Santos.

Foi da Morte a Felicidade. Viveu o drama de 1965 quando o time escapou de ser rebaixado no "Torneio da Morte", uma repescagem entre Riachuelo e Goiás para confirmou o segundo rebaixado naquela época. No ano seguinte, com 13 jogadores no elenco, o time conquistou o seu primeiro titulo oficial ao derrotar o Vila Nova por 4 a 2 no estádio Olímpico.

Por fim virou presidente executivo com o apoio de Hailé Pinheiro. Atualmente é conselheiro ativo e presente.

Confira mais uma edição do Futebol de Goyaz e suas histórias, todo domingo, a partir 12h, na Rádio 730:




Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Atlético participou do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em 1979. Na estreia, o time rubro-negro foi derrotado pelo Gama, por 4 a 3, no Estádio Bezerrão, no Distrito Federal.