08/11/2014 15:11  •  Atualizada em 09/12/2014 23:05

O legado "Ney Fernandes" para o nosso futebol

Campeão estadual em duas oportunidades, o gaúcho é peça chave na construção de uma nova Era do esporte em Goiás


João Paulo di Medeiros/ Futebol de Goyaz

Militante nas ondas do rádio e da tv, Ney Raimundo Fernandes marcou presenças em inúmeras emissoras esportivas nas últimas décadas em Goiás, fato que o tornou conhecido em nossa capital pelo seu linguajar simples e direto.

Poucos sabem de sua história rica e produtiva para o futebol goiano, por isso o comentarista é nosso convidado deste domingo, 9, no Futebol de Goyaz e suas histórias, a partir do meio dia, na Rádio 730.

Ney Fernandes nasceu em São Leopoldo, cidade localizada a 38km de Porto Alegre. Por lá foi entregador e trabalhou numa fábrica de botas até começar a se destacar nos campinhos de várzea com a camisa do Grêmio Esportivo Nacional. Suas atuações como lateral direito o fizeram chegar ao Aimoré, único time profissional da cidade e posteriormente Grêmio e Fluminense-RJ.

No futebol goiano, Ney chegou para ser treinador e mudar a característica do futebol em Goiás. A princípio comandaria a Associação Campineira, porém uma negociação atravessada o fez mudar de cores.O gaúcho treinador foi campeão estadual em 1963 e em 1968. Passou por todos os clubes da capital e comandou a seleção goiana.

Confira!



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O primeiro time de futebol de Goiânia foi fundado no dia 28 de abril de 1936. A União Americana Esporte Clube foi idealizada por jovens que migraram da Cidade de Goiás para a nova Capital. O nome foi uma homenagem aos dois tradicionais rivais de Vila Boa de Goiás, a Associação Atlética União Goiana e o América Sport Club. O primeiro presidente do clube foi Elísio Taveira, que já era um dos maiores militantes do futebol na cidade de Goiás.