15/10/2014 22:59  •  Atualizada em 04/12/2014 17:04

Davi - o coração do Vila

O lateral marcou uma geração de vilanovenses e símbolo de uma raça que marcou a história do clube.


Renato Dias/Revista Vila Nova

David, coração do Vila, assim era conhecido o lateral direito pela massa colorada na década de 1960. Natural de Goiânia, Davi personificou o símbolo da raça vilanovense. Foi campeão com o Tigre em 1969. Mesmo sendo um atleta de baixa estatura, era destaque pela sua impulsão.

O apelido no diminutivo era uma forma carinhosa de tratamento dos colegas, pois Davinho era um verdadeiro gigante em campo. Apoiava bem no ataque e era um marcador implacável, tanto que era temido pelos principais atacantes da sua época.
Por causa de um mal entendido com o Capitão Franco, preparador físico do clube, Davi acabou desistindo da carreira de jogador de futebol em junho de 1973.

O lateral faleceu no dia 3 de setembro de 2014 em decorrência de um acidente doméstico.

Confira a 30ª edição do Futebol de Goyaz e suas histórias:




Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Campinas foi um dos seis representantes goianos no Torneio da Integração Nacional, realizado em Goiás, em 1971. A equipe tricolor ficou no grupo D ao lado de Botafogo-PB, Náutico e Fortaleza, e acabou eliminada na primeira fase.

Históricos em destaque

Paraná-PR (BRA)

7 x 3

Vila Nova-GO (BRA)

Ver histórico completo



Atlético-GO (BRA)

2 x 1

São Bento-SP (BRA)

Ver histórico completo



Fortaleza-CE (BRA)

4 x 3

Goiás-GO (BRA)

Ver histórico completo