10 de abril de 2021
  • WhatsApp
  • Comunicar erro

NOTÍCIAS

01/04/2021 07:00

#TBT | Atlético e Vila Nova empatam sem gols em decisão de torneio amistoso

Homenagens foram direcionadas ao patrono da competição, aniversário do Clube e até ao Golpe Militar

Folha de Goyaz/mar 1973

Atlético e Vila Nova se enfrentaram na decisão do torneio amistoso quadrangularRubens Vieira Guerra”. O jogo realizado no estádio Olímpico fez parte das comemorações do 36º aniversário do clube rubro-negro. O jogo terminou em um empate sem gols. Como não havia critérios de desempate, uma nova partida foi agendada para três dias depois que foi vencida nas cobranças de pênalti pelo Vila Nova.

Além das duas equipes, o Goiânia e o Ceará-CE foram convidados para a disputa da competição. O time cearense foi a terceira escolha da diretoria atleticana que antes havia feito o convite ao Vasco da Gama-RJ e a Portuguesa de Desportos-SP. O bicampeão cearense recebeu o prêmio de Cr$ 50 mil, o custeio da viagem, alimentação e hospedagem na capital.

O Atlético aproveitou o torneio amistoso para homenagear o seu torcedor, Rubens Vieira Guerra que naquele momento tinha grande destaque político como presidente da Superintendência de Planejamento (Suplan) do Estado de Goiás e o responsável direto pela construção e inauguração realizada em março de 1973 do Centro Administrativo, localizado na Praça Cívica. Posteriormente, Rubens foi nomeado pelo governador Leonino Di Ramos Caiado como prefeito de Goiânia entre maio de 1974 e março de 1975.

Rubens Guerra era engenheiro civil formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e já havia ocupado os cargos de presidente da Saneago e havia integrado a Secretaria Estadual de Viação e Obras Públicas (Sevop).

Além do patrono da competição, o presidente do Atlético, Willian Maria, informou ao jornal Folha de Goyaz, na época, que também programou homenagens aos ex-presidentes do clube: Antonio Accioly, Geraldo Bueno Júnior e Osvaldo Capel e fez homenagens a Revolução de Março de 1964, também conhecida como Golpe Militar na história do Brasil.

HÁ 26 ANOS... nascia na Argentina o meia Nacho Coira. O jogador chegou ao Vila Nova no início de 2014 a pedido do conselheiro Leonardo Rizzo vindo do Real Madrid-ESP. Rizzo tentava estreitar os laços entre os clubes para intercâmbio e relacionamento. Nacho atuou em apenas um jogo, durante alguns minutos, na derrota colorada para o Atlético-GO.

HÁ 51 ANOS... nascia em Sorocaba, no interior de São Paulo, Nelson Colombini Filho, Karmino Colombini. Como goleiro, Karmino chegou ao futebol goiano para jogar no Itumbiara e depois teve passagens pelo Goiânia. Como treinador, já comandou Goiânia, Anapolina, Anápolis, Vila Nova, Atlético, Aparecidense, Rio Verde e o Aparecida.

HÁ 76 ANOS... no estádio Olimpico, era realizado o jogo amistoso entre AB Pimentel e a Seleção de Campinas. O jogo terminou com vitória do Pimentel por 3 a 1. AB Pimentel FC era um estreante nas competições municipais e enfrentou um combinado de jogadores do Campinas e do Atlético-GO. O jogo foi realizado com uma semana de atraso porque na data incialmente marcada os representantes da Federação Goiana de Futebol não compareceram ao local da partida.

Mais notícias

07/04/2021 - #TBT | Wesley Mattos deixa o Goiás para ser ídolo no Vila Nova
01/04/2021 - Conheça 10 jogadores uruguaios com passagem no Futebol Goiano
22/03/2021 - #TBT | O dia que o Pequeno Polegar estreou no mundo
14/03/2021 - #TBT | Presidente do Vila Nova entrega carta renúncia e Conselho autoriza afastamento
14/03/2021 - Futebol de Goyaz alcança marca de 10 mil jogadores cadastrados em plataforma digital
Desenvolvido por brgomes.com