15/10/2014 20:46  •  Atualizada em 04/12/2014 16:59

Uma homenagem aos libaneses e um orgulho para os goianos

Conheça a história de Líbano, artilheiro do Goianão em 1962 e 1964


Erick Xavier/Futebol de Goyaz

Dono de uma disposição peculiar, uma energia inconfundível e um amor incondicional pelo esporte, Líbano nasceu no interior de Minas de Gerais, em Uberlândia, no dia 28/02/1944, mas com quatro meses de vida desembarcou na cidade de Inhumas, na região metropolitana de Goiânia, onde aprendeu a ser goiano e se destacou para o mundo da bola.

Com uma impulsão marcante, Líbano foi um centroavante de muitos gols, uma fórmula simples e conhecida pelos adversários, mas impossível de ser evitada: os gols de cabeça. O mineiro estima que 80% deles foram deste jeito. Há quem diga que até do meio campo já tentou finalizar usando a força de seu pescoço e o gatilho de sua testa ou que preferisse cobrar pênaltis usando sua maior virtude.

No entanto, este sucesso todo tem o pé nas quadras de basquete onde também foi destaque em clubes e na seleção goiana onde joga até os dias atuais.

Na foto, o artilheiro do Goianão por duas oportunidades posa ao lado dos integrantes de nossa equipe.

Confira a 27ª edição do Futebol de Goyaz e suas histórias...



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O primeiro clássico entre Anápolis e Anapolina por uma competição nacional aconteceu no dia 25 de janeiro de 1981, no Estádio Jonas Duarte. Tricolores e rubros empataram por 2 a 2, jogo válido pela primeira fase da Taça de Prata, competição que equivale à Série B, do Campeonato Brasileiro.