14 de agosto de 2020
  • WhatsApp
  • Comunicar erro

NOTÍCIAS

09/06/2020 13:30  •  Atualizada em 09/06/2020 16:30

Biografia: Rubsen, o artilheiro do Atlético-GO em tempos difíceis

Formado na base do Dragão, o atacante brilhou como goleador do Goianão de 2002

Arquivo Pessoal

Natural de Canindé, no Ceará, Rubsen veio para Goiânia ainda menino com a família. Bom de bola, o garoto deu os primeiros chutes nas categorias de base do Goiás entre 1990 e 1992. Depois de um período de desistência do futebol, Rubsen ressurgiu no Atlético-GO, onde se profissionalizou em 1999 e jogou por quatro temporadas. A melhor delas foi em 2002, quando o atacante se sagrou artilheiro do Campeonato Goiano com 15 gols.

Rubsen rodou por outros clubes no futebol goiano como Anapolina, Anápolis e Mineiros, além de uma passagem pelo Minaçu no início da carreira. Depois, jogou em clubes do futebol paulista, do futebol tocantinense e do futebol maranhense, onde se tornou ídolo com a camisa do Imperatriz. Apesar de toda essa história, Rubsen elegeu sua trajetória no Dragão como a mais feliz em sua carreira.

"Mesmo com estrutura e condições financeiras bem diferentes daquelas que o Atlético-GO possui hoje, os meus quatro anos como jogador do Dragão foram os melhores da minha carreira. Foram os momentos mais felizes da minha vida", ressaltou o ex-atacante, que mora atualmente em Imperatriz do Maranhão.

Mais:

Perfil de Rubsen no Futebol de Goyaz

O ex-atacante acredita que o reconhecimento do torcedor atleticano poderia ser ainda maior se ele tivesse conquistado títulos pelo clube, mas sabe que aquela artilharia no Campeonato Goiano de 2002 deu muito orgulho para o torcedor que passaria anos difíceis pela frente. "É muito gratificante a relação que tenho com os torcedores do Atlético. Até mesmo já fui reconhecido por torcedores rivais, como os do Goiás", comentou Rubsen.

Fora do Dragão, mas ainda no futebol goiano, Rubsen se lembra da passagem que teve no Anápolis, quando ajudou o Galo a escapar do rebaixamento. Na Anapolina, o ex-atacante se recorda de um gol marcante anotado contra o Vila Nova, no Estádio Jonas Duarte, na vitória da Xata sobre o Tigre, por 2 a 0, pela Série B do Campeonato Brasileiro de 2003.

Em 2010, Rubsen esteve perto de voltar ao futebol goiano para jogar em Inhumas. O ex-atacante revelou que foi indicado por Adson Batista que tinha o desejo de, posteriormente, contratá-lo para voltar ao Dragão. O negócio não vingou, mas seria uma justiça feita ao goleador que fez sorrir os atleticanos no começo dos anos 2000.

 

Mais notícias

12/08/2020 - Atlético-GO disputou jogos de Norte a Sul pela Série A e tem o Pacaembu como 'segunda casa'
12/08/2020 - Em sua 40ª participação na Série A, Goiás rodou o Brasil para jogar na elite nacional
10/08/2020 - #TBT | Adriano marca duas vezes e Goiás arranca empate por oito gols na Série B 1994
09/08/2020 - Goiás já foi eliminado, mas nunca perdeu na Serrinha por competição nacional
07/08/2020 - Os caminhos do Vila Nova na história da Série C do Campeonato Brasileiro
Desenvolvido por brgomes.com