05/03/2016 12:14  •  Atualizada em 05/03/2016 12:14

O futebol aparecidense, o ciclismo goiano e os numismáticos se encontram em um mesmo lugar

Gilberto Farias é o convidado da edição 96 do programa Futebol de Goyaz e suas histórias


Rafael Bessa/Futebol de Goyaz

Domingo é dia de futebol, é dia de histórias, é dia de Futebol de Goyaz, é dia de dar destaque aos esportistas da região metropolitana da capital. A edição #96 conta a história de Gilberto Farias, ciclista campeão goiano da década 1970, fundador de dois clubes de Aparecida de Goiânia: Aparecidense e Aparecida e ainda um numismático.
Como ciclista, Gilberto se destacou nas pistas até chegar a vice presidência da Federação Goiana ao trabalhar junto com a família Magalhães no esforço diário de alavancar este esporte.

Envolvido no meio esportivo de Aparecida, foi um dos fundadores da Associação Atlética Aparecidense e integrante da diretoria que profissionalizou o clube no início da década de 1990. Sob o manto azul celeste conquistou o acesso a elite do futebol goiano.

Desentendimentos internos o provocaram criar um novo clube, com as cores da bandeira da cidade seria o responsável de levar o nome de Aparecida de Goiânia por todos os rincões da bola. Atualmente disputa a Série C do Campeonato Goiano e luta na busca por novos talentos em nosso futebol.

IMPERDÍVEL!!!!!!!!!!!

São mais de 50 mil resultados cadastrados, quase 5 mil jogadores catalogados e mais de 3 000 fichas completas. No site também estão todas as edições do programa Futebol de Goyaz e suas histórias.

Conhece um ex-jogador? Nos indique. Use a hashtag #futeboldegoyaz no twitter e nos indique o jogador que gostaria de saber as histórias.

Sabe de um potencial anunciante? Nos repasse. Quer dar visibilidade à sua Marca ou Produto? Fale com a gente. Estamos desenvolvendo um trabalho para ficar eternizado na história. Participe conosco! As Tintas Colatex, A Rede da Construção e Loteamento Residencial Maria Oliveira - Fone 3503 1891 já fazem parte do time que está resgatando as origens de nossa paixão!



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


Em 1965, a Fundação de Esportes proibiu jogos amistosos entre times goianos e equipes como São Paulo, Vasco, Santos e Botafogo para evitar o "estrangeirismo". Como medida, a fundação passou a cobrar taxa de 34% sobre a renda bruta dos jogos diante desses adversários.