07/09/2014 22:49  •  Atualizada em 20/09/2015 02:13

Filho de Peixe, artilheiro Rinaldo relembra sua carreira no Goiás e no futsal

Filho de pais políticos, atacante relembra gols no amistoso diante do Alianza-PER de Teófilo Cubillas


João Paulo di Medeiros/ Futebol de Goyaz

Atacante impetuoso, Rinaldo preocupava as defesas adversárias por onde passava. Fez história com a camisa do Goiás, onde se formou jogador profissional e deu seus primeiros passos no mundo da bola. Neste período de 1963 a 1971, acompanhou a fase de transição dos locais de treinamento, partindo de campos divididos com Vila Nova e Goiânia nos arredores do estádio Olímpico, num campo do Corpo de Bombeiros e por fim, na atual sede, no Setor Serrinha.

Brilhou com a camisa esmeraldina, tanto que despertou o interesse do Cruzeiro, por onde jogou por quatro temporadas. Acumula ainda uma breve passagem pelo Vila Nova e defendeu o Goiânia, onde encerrou sua carreira como jogador. Foi o primeiro jogador goiano a fazer gol na seleção brasileira. A equipe canarinho veio a Goiânia para disputa de um amistoso contra a seleção goiana e venceu por 3 a 1.

Rinaldo se formou em educação física pela Esefego (Escola de Educação Fisica do Estado de Goiás) e hoje é o presidente da AGAP-GO, associação que ampara ex jogadores de futebol profissional. Seguiu a carreira profissional de vários familares como Beneci Queiroz que chegou ao cargo de diretor no Cruzeiro-MG.

Saiba mais sobre Rinaldo...

Confira mais uma edição do Futebol de Goyaz e suas histórias:



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Campinas participou de 10 edições do Campeonato Goiano, sendo seis delas com o nome de Associação Campineira de Esportes. As melhores campanhas foram em 1958 e 1961 quando terminou a competição na 4ª colocação. Como Campinas, os melhores resultados foram em 1971 e 1972, quando a equipe tricolor chegou na 5ª posição.