12/07/2015 09:59  •  Atualizada em 12/07/2015 10:01

No retrospecto, Goiás é freguês do Cruzeiro

Alviverdes perderam os sete últimos jogos que fez diante da raposa


Luiz Costa / Hoje em dia

Goiás e Cruzeiro já se enfrentaram 51 vezes. Diante da equipe mineira, o Verdão tem uma das maiores desvantagens do futebol nacional. São 13 vitórias, 10 empates e 28 derrotas. Os goianos marcaram 50 gols e sofreram 69.


 


A equipe alviverde carrega um tabu indigesto diante do Cruzeiro. O Goiás perdeu os últimos sete jogos que fez diante da raposa. A última vitória esmeraldina foi no primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2009, quando venceu por 1 a 0, no Serra Dourada.


 


Periquito e raposa já se enfrentaram por quatro competições diferentes - Campeonato Brasileiro Série A, Copa Sul Americana, Copa do Brasil e Copa do Brasil. Eles também já duelaram em quatro amistosos.


 


Seis estádios já sediaram os jogos entre Cruzeiro e Goiás. O Serra Dourada recebeu o confronto 21 vezes. Esta marca vai ser igualada pelo Mineirão na tarde deste domingo (12).


 


DADOS E NÚMEROS


Jogos: 51


Vitórias do Goiás: 13


Vitórias do Cruzeiro: 28


Empates: 10


Gols do Goiás: 50


Gols do Cruzeiro: 69


 


JOGOS EM BELO HORIZONTE


Jogos: 24


Vitórias do Goiás: 03


Vitórias do Cruzeiro: 18


Empates: 03


Gols do Goiás: 16


Gols do Cruzeiro: 45


 


JOGOS POR COMPETIÇÃO


Brasileiro Série A: 38


Copa do Brasil: 04


Copa Sul Americana: 04


Copa dos Campeões: 01


Amistosos: 04


 


JOGOS POR ESTÁDIO


Serra Dourada: 21


Mineirão: 20


Independência: 04


Olímpico: 04


Arena do Jacaré: 01


Machadão: 01


 


OUTROS


Primeiro jogo: 09/04/1972 – Goiás 0x0 Cruzeiro – Amistoso – Olímpico


Último jogo: 23/11/2014 – Cruzeiro 2x1 Goiás – Brasileiro Série A – Mineirão


Maior goleada do Goiás: 27/06/1990 – 4x0 – Copa do Brasil – Serra Dourada


Maior goleada do Cruzeiro: 26/05/2013 – 5x0 – Brasileiro Série A – Arena Independência



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


Em 1965, a Fundação de Esportes proibiu jogos amistosos entre times goianos e equipes como São Paulo, Vasco, Santos e Botafogo para evitar o "estrangeirismo". Como medida, a fundação passou a cobrar taxa de 34% sobre a renda bruta dos jogos diante desses adversários.